Terça, 22 de agosto de 201722/8/2017
73 98809-6565
Muito nublado
18º
19º
21º
Jequie - BA
dólar R$ 3,16
euro R$ 3,74
Rádio Cidade FM, 104,9
POLÍTICA
"Tô fora", prefeito sem líder na Câmara de Jequié, com ou sem prestígio?
Queimação ou desgaste?
Marcos Cansussu Jequié - BA
Postada em 09/08/2017 ás 08h01

José Simões e Gutinha

O retorno das atividades parlamentares de Jequié, neste segundo semestre foi marcado com a renúncia do líder do governo na Câmara Municipal, na sessão desta terça-feira (8/8). Há quem diga que durou além das expectativas o período do vereador Dorival Jr (PRB) como líder do prefeito Sérgio Suzarte (PSB) na Câmara Municipal de Jequié. As diferenças de estilo de ambos prenunciavam, desde o princípio, que seria difícil a manutenção do status definido pelo prefeito, nos primeiros dias de seu governo. Enquanto Gameleira tem um modo direto de dizer e fazer as coisas, do tipo “pão, pão; queijo, queijo”, que implica em dizer “sim” ou “não”, de acordo com as condições que disponha para atender a um ou outro pedido, seja de políticos ou da população, Dorival Jr é um político na essência, que não gosta de ouvir respostas negativas às suas reivindicações, em especial, aquelas feitas em nome de seus colegas de plenário. Em tempos de verbas curtas e dificuldades econômico-financeiras que levaram a Prefeitura a ser administrada sob rédeas curtíssimas pelo prefeito, tornou-se difícil para Dorival contornar as seguidas cobranças dos companheiros que exigiam serviços, obras e até inevitáveis cargos públicos. Sentindo-se desgastado no plano político, Jr decidiu pedir o boné. Perde o cargo de líder, mas ganha liberdade para integrar o coro daqueles que, mesmo sabendo das dificuldades da Prefeitura, se aboletam diante da tribuna da Câmara para cobrar aquilo que todos estão cansados de saber que será impossível de ser realizado. Com a medida fica no ar, a dúvida: Continuará a mão pesada, ou dividirá os dedos? “sim” ou “não”, diretamente com os vereadores, mesmo que isso possa desagradar interlocutores, que o acusam de ser um gestor que não gosta de fazer política. Parece que o lado politico tem pesado mesmo, cotado para ser o novo líder do governo, o vereador José Simões (PHS), foi taxativo, "TÔ FORA", uma resposta nada animadora para o executivo que tem enfrentado embates acalorados na Câmara e precisará do apoio para aprovação das suas pautas. Diante do fracasso tão cedo, resta apostar em outros dois edis, Gutinha (PMDB), até onde vai a boa relação com Leur Jr e Ivan do Leite (PSB) que era cotado no início do governo e acabou desprestigiado. E agora quem aceita a batata quente?

FONTE: Blog Marcos Cangussu
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

Vânia Duarte Jequié - BA 09/08/2017

Barco sem Leme tá difícil viu

imprimir
403
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium