Segunda, 21 de maio de 201821/5/2018
73 98126 7638
Parcialmente nublado
18º
28º
30º
Jequie - BA
Erro ao processar!
Super Predio
SAÚDE
Jequié registra dois casos de Gripe H1N1
Entre as principais ações que devem ser feitas para evitar a contaminação pelo vírus Influenza A H1N1
Marcos Cansussu Jequié - BA
Postada em 16/05/2018 ás 11h47
Jequié registra dois casos de Gripe H1N1

Vacina contra Gripe

A Secretaria de Saúde de Jequié, através do setor da Vigilância Epidemiológica, enviou comunicado de alerta as unidades hospitalares sobre a confirmação de dois casos da gripe Influenza A pelo subtipo H1N1, no município. As crianças deram entrada no Hospital Geral Prado Valadares com sintomas da doença nos meses de abril e maio, sendo medicadas e liberadas. Para conter o avanço da circulação do vírus no município, a SMS intensificou a campanha de vacinação iniciada 23 de abril e que prossegue até 01 de junho, nos postos de saúde das 8 as 12 e de 14 às 17h .  Até o momento foram imunizados cerca de 38,47% do público alvo. A estimativa é que sejam vacinados 41 mil pessoas.  


Público Alvo:


O grupo prioritário da campanha são pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses aos menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas - e os funcionários do sistema prisional.


Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais também devem se vacinar. Este público deve apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.


Quais são os sintomas de H1N1?


Os sintomas são semelhantes aos da gripe comum, mas com alguns detalhes específicos. Nota-se também febre repentina e alta (acima de 38°C), dor de garganta, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações, coriza e falta de apetite. Sintomas respiratórios, como tosse, também são percebidos. Dependendo do caso, o paciente pode ter ainda diarréia e vômitos


Entre as principais ações que devem ser feitas para evitar a contaminação pelo vírus Influenza A H1N1, estão:


 Lavar sempre as mãos, principalmente após tossir e espirrar. Para lavar a mão, deve-se utilizar água e sabão ou, ainda, álcool 70%. Para utilizar o álcool, é importante não estar com as mãos visivelmente sujas;



  • Utilizar lenços descartáveis;

  • Deixar o ambiente sempre ventilado;

  • Cobrir boca e nariz sempre que espirrar ou tossir;

  • Não tocar na região dos olhos, nariz e boca sem que a mão esteja limpa;

  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como garrafas, copos e talheres;

  • Evitar contato com pessoa doente, evitando abraços, beijos e apertos de mão;

  • Evitar aglomerações em épocas em que o número de casos da doença for alto.

FONTE: Blog Marcos Cangussu
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
491
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium